xix

Yule – Antes do Jesus, nasceu o sol

Yule
Versão moderna do Inglês Antigo ġēol (Christmastide);
A origem de ġēol é desconhecida, mas poderá vir da Língua Proto-germânica *jehwlą*jeulō

Antes do Natal havia… muitas outras celebrações que, com a expansão e crescimento do Cristianismo (e consequente diluição do Paganismo), foram sucumbindo ao esquecimento.

O Yule é uma delas – uma celebração do solstício de inverno.

Porquê o solstício de inverno, e não noutra altura qualquer?
Porque 21 de Dezembro (mais dia, menos dia) marca a noite mais longa do ano.

É importante considerarmos o que o Inverno simbolizava, há milhares de anos atrás, para entendermos a importância desta celebração.
O Inverno é adverso à vida (pelo menos, à nossa, humana). A inclemência do clima, as chuvas e os ventos, o frio e a morte – antes ainda da nossa, a morte das colheitas, da produção.
A incerteza da sobrevivência pesaria na alma de qualquer um.

A isto, soma-se a necessidade de abater o gado para não ter de o alimentar durante o Inverno, e ainda a feliz coincidência de que o vinho e cerveja feitas ao longo do ano estariam, nesta altura, fermentadas e prontas para beber.

Estas celebrações – como o Yule – surgem da necessidade de enxotar o escuro, de afugentar o frio, de enfrentar a morte.

Contam as lendas que as pessoas juntavam-se, troncos eram carregados e incendiados e, por entre bebida e sacrifícios – o povo festejava a sobrevivência e a esperança de dias melhores, até o fogo consumir os troncos (que poderia demorar até cerca de 12 dias).

Afinal, depois da noite mais longa, só podem vir dias mais longos.

Outros exemplos existem:

  • Saturnalia – a celebração em honra do deus romano Saturno (da Agricultura, Abundância);
  • O Império Inca honravam o seu deus do Sol – Apu Inti.

Curiosamente, hoje em dia ainda existiam celebrações do Yule, muitas vezes em alternativa às celebrações natalícias.

Ainda assim, talvez o mais importante – com certeza mais que as discórdias de quem enxerga melhor o consumismo – seja olharmos para a génese: uma celebração pelos melhores dias à nossa frente.

Feliz Natal.

(Informação adaptada do Nerdist e History)

Anúncios


Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: