Mil Homens

literatura. música. arte digital.

Não digas adeus,
Quando partes
Para o fim do mundo
Ou para o café.

Não digas adeus,
Se voltas
Ou se não voltares.
Sinto a solidão.

Não digas adeus,
Não digas adeus,

Não vás se não fores
Eu só não te quero
Ouvir dizer
Adeus.

É medo sem senso,
Mas morro por dentro
Ao ouvir o teu
Adeus.

%d bloggers like this: