xxvi

Começar com leveza

É 2021.
O futuro de ontem chegou.

Photo by Polina Tankilevitch on Pexels.com

12 passas para 12 desejos.

Photo by Eva Elijas on Pexels.com

Lembro-me de, já em criança, achar um exagero.

Passa-se um ano sem desejos – no máximo, lá surge um ao morder a vela debaixo da mesa – e, de uma vez, temos 12 para decidir.

Ainda para mais, ao dar 12 desejos a cada uma das 7.836.041.798 pessoas que coexistem, aumenta-se (exponencialmente) a probabilidade de desejos contraditórios.

Se eu desejar paz mundial e o meu irmão um mundo justo, o que faz a coitada da passa?


Foi no final do século XIX que está tradição começou, pelo menos na Península Ibérica.

A câmara municipal de Madrid, numa tentativa de impor os festejos do Ano Novo, instituiu um imposto para quem celebrasse o Dia dos Reis Magos (6 de Janeiro).

Numa revolta simbólica, os espanhóis comeram passas, em vez de uvas – como se fazia na Alemanha e em França.
A ideia expandiu-se depois para Portugal.
(fonte – Sábado)


Anúncios

Fico contente que a tradição venha de uma forma simpática de revolta. Afinal, dadas as restrições, é a única forma segura de nos revoltarmos contra 2020.

Ainda assim, fica a questão:
É saudável comer passas – das que geram desejos – num ano que se apresenta assim?

As certezas são nefastas: de uma pandemia por resolver, à crise que se avizinha – desconfio que até as passas se acanham.
E, a verdade, é que depois da transição 2019-2020, elas já não devem estar muito seguras dos seus poderes.

Photo by Tairon Fernandez on Pexels.com

Proponho, então, uma alternativa:

  • Uma passa para cada, um desejo para cada.

Se já fizeram os vossos 12 desejos, escolham 11 para remover (já falei com as passas e não há problema) e ficamos, assim, com 1 desejo cada um.

Considerando o que se avizinha, acho que todos partilharemos as mesmas aspirações – ainda que com palavras distintas – o que não só facilita o trabalho das passas, como certamente aumenta a probabilidade de um de nós ter os pózinhos mágicos alinhados.


Fora de brincadeiras, que comecemos com leveza.
Deixemos 2021 ganhar confiança.

Até lá:

Anúncios
Anúncios


Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: