não esperes por mais




eu não quis ser a cor do céu.
mas, amor, eu não sei o que é pior.

quebras-me a terra, choro por ela
e então?
em vão?

deste vazio, eu contamino
o teu.
adeus.



quis ser ateu
mas tremo, irmão

quando ouço a voz
a cantar “não”

“não esperes por mais,
isto é tudo o que há.”

Anúncios

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: