cx

Crónicas para dormir (XVIII):
Línguas e palavras.


Anúncios

A linguagem é uma farsa.
Concedemos-lhe um título universal, como se expressasse em si tudo o que existe; mas é circular, o pensamento: ao limitarmos a expressão às palavras, a extensão das palavras limita a expressão.

Não é a linguagem uma ferramenta?
De que outra ferramenta esperamos perfeição?

A linguagem não foi criada para ser honesta ou detalhada – é um ponto de união.
E há tanto que não se consegue expressar!
O que se consegue, são formas românticas de falar, falsas noções comunitárias que não dizem nada, só o fantasma de uma sensação comum.
Honesto é um espirro; o que enoja é, em geral, mais sincero do que o que apaixona – mas o amor é tão belo! Uma forma tensa de sexo, como um brinquedo numa fábrica chinesa.

No fundo, ninguém quer a verdade; todos desejam pela forma mais sincera de mentir.
As palavras são o vazio que daí resulta, ocos sólidos geométricos que encaixamos uns nos outros e, quando o ambiente é propício, encaixamo-nos também, os nossos corpos, uns nos outros.

Anúncios
Anúncios

A luz liga – é para rir quando a luz liga – mas não tem piada nenhuma, e não sei porque me pedem para rir.
Que desalento é viver nestas obrigações abstratas, até as moscas se riem de nós (não são zumbidos, são gargalhadas!).

Rio na mesma; estão-me no sangue, estes delírios sistémicos.
Como a paixão, ou o machismo – é o riso.

A luz voltou a ligar – não sei se fui eu que disse alguma coisa engraçada ou outro qualquer. De qualquer modo, daqui a cinco segundos, já nem conseguirei repetir o que me fez rir; mas é tão bom, partilhar esta expiração de ar, as partículas de saliva a colidirem umas com as outras, as minhas com as deles, nas expulsões violentas.
Só é triste quando se calam, porque do silêncio nascem as limitações das palavras – não o que fica por dizer, mas o que não pode ser expresso.

Mas o mais triste de tudo, que reverbera na solidão, é crer que os nossos intelectos não são capazes de compreender o universo.

Anúncios
Anúncios


2 opiniões sobre “cx

Deixe uma Resposta para Pedro Nunes Cancelar resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: