cxxviii

Autorretrato.


Anúncios


Sou um sistema integrado.
Não há eu que sobreviva à divisão das minhas peças.


Não sei quando foi que desliguei este botão; algures entre quem fui e quem sou. Mas fui e sou não são termos analíticos, não se deduzem um do outro, não se resumem um no outro – quando falo e escrevo com palavras assim, são meros retratos artísticos, representações temporais que sintetizam, o complexo, a um retrato que se lhe faz.

Represento-me num quadro, então; uma peça de arte que os olhos observam.
É bom, o momento em que recai o silêncio, a mente submerge ou ascende e o mundo parece distante, tão distante que se torna algo diferente, um universo que decide ser apenas um universo, sem indivíduos a particularizá-lo, a resumir o que transcende a palavras e movimentos.
É bom, a luta morre ao longe, não há justificação para lutar num mundo assim; não há pressa que me faça correr, os meus pés descansam descalços e deito-me num prado verde que já me abraça, já me sussurra, acho que vou adormecer aqui, talvez o meu primeiro sono desde o ventre.
Os olhos pesam-me.
É o cansaço; sobrevem agora, que estou parado, agora que parei de correr, agora que já não se justificam os esforços, não há nada à minha frente, o pleno absorve-me, pede-me que não me levante, que me deite e durma e me perca no prado verde que me abraça e me sussurra.
No universo não há dias; o tempo apenas organiza a informação humana, dispõe numa ordem que a mente compreende, a mente que nunca se julgou capaz de se compreender, nunca vendeu essa ideia sequer, fomos nós que a assumimos. Se adormecer, já não desperto, retorno a consciência e aceito-me como um Eu que passa a absoluto; a árvore, a natureza.

É esse o meu quadro, o quadro de mim: um homem uma pessoa que se deita num prado verde, relutante em adormecer apesar de lhe pesarem os olhos. O meu retrato artístico, o Eu do momento, o indivíduo que sintetiza o universo numa partícula, o infinito num momento.

Anúncios
Anúncios


Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: