sobre



Mil Homens.

um projecto artístico.
literatura, música, arte digital.

“Não pondero, sonho; não estou inspirado, deliro. Sei pintar mas nunca pintei, sei compor música, mas nunca compus. Estranhas concepções em três artes, belos voos de imaginação acariciam-me o cérebro; mas deixo-os ali dormitar até que morrem, pois falta-me poder para lhes dar corpo, para os converter em coisas do mundo externo.”

Fernando Pessoa


receba novos conteúdos na sua caixa de entrada.

%d bloggers like this: