xlvii

Crónicas para dormir (VI):
A noite delimita a arquitectura que perdurará até o dia nascer.